Quem somos

Logo UMADJO 45 anos LOGO site

 

Missão

Anunciar o Reino de Deus, integrar, discipular, batizar e proporcionar ao jovem oportunidades de exercitar sua fé diariamente através de atividades dinâmicas atuais baseadas nos princípios da Bíblia Sagrada e do pentecostalismo.

Visão

Ser uma geração unida, instruída e praticante da Palavra de Deus, avivada no Espírito Santo, atuante e respeitada na sociedade, em condição de constituir família segundo os princípios bíblicos e preparados para volta de Cristo.

A união da Mocidade da Assembléia de Deus em Joinville (UMADJO) existe há 40 anos e nasceu durante o ministério do Pr. Liosés Domiciano, em Julho de 1972, ou seja, dois meses após a chegada desse homem que foi grande incentivador da juventude cristã. O surgimento da UMADJO foi uma inovação para os jovens daquela época.

Uma das primeiras decisões que o Pr. Liosés Domiciano tomou ao chegar em Joinville foi dar espaço para os jovens se organizarem. Então alguns jovens, entre eles José Paulino Muller, reuniram-se e criaram a UMADJO (União da Mocidade da Assembléia de Deus em Joinville). Depois da sigla definida, partiram para a organização do primeiro congresso, que aconteceu nos dias 21 a 23 de Julho de 1972.

Agora em 2012, o Ev. Cássio Ruthes assumiu a coordenação da UMADJO, dando continuidade aos projetos que tem como objetivo a evangelização, edificação e crescimento de uma geração em Cristo.

Coordenadores UMADJO:

1972 – Francisco de A. Meirinho
1977 – Luiz C. Muller
1982 – J. P. Muller
1987 – Pr. Norival D. Rosa
1991 – Pr. Antonio Altair Nunes
1996 – Pr. José João Vieira
2000 – Ir. Zenate de Oliveira
2002 – Pr. Ariel Gonçalves
2004 – Pb. Antonio Carlos Kley
2005 – Pr. Márcio Batista
2006 – Pr. Peter Pereira
2007 – Pr. Natanael de Melo
2008 – Pr. Adelmo Cordeiro
2009 – Pr. Roberto de Araújo Silva
2012 – Pr. Cássio Rodrigo Ruthes

“Alegre-se, jovem, na sua mocidade! Seja feliz o seu coração nos dias da sua juventude! Siga por onde seu coração mandar, até onde a sua vista alcançar; mas saiba que por todas essas coisas Deus o trará a julgamento.”
Eclesiastes 11:9